poeiraHoje sai um pouco, desde quarta que não saio, tomei banho e me arrumei, como se fosse um compromisso sério. Mas só fui mesmo ao mercadinho próximo comprar pão; foi bom. Acenei no caminho para um belo rosto de sorriso amigo. E vi o por do sol também, ainda que por trás de nuvens cinzas; tão quanto meus pensamentos. Andei por uma rua onde agora eu sinto, de algum modo fazer parte. Uma mistura de terra e asfalto, poeira e vento…

Rua cheia de crianças felizes, andando e brincando para lá e para cá, com suas bicicletas e seus patins; em contraste com a alegria que não mais sei onde deixei. Rua cheia de jovens adultos colocando seus corpos em disciplinadas caminhadas vespertinas, enquanto suas mentes vagueiam por preocupações diversas bem longe dali. Rua de velhinhos também, sentados em suas cadeiras baixas de frente para o horizonte, cumprimentando quem por eles passam, apressados ou devagar. Rua de murmúrios…

Do outro lado da rua dois campinhos, um ao lado do outro, onde assiduamente todos os fins de tarde há sempre jovens a jogar futebol; e o por trás de tudo isso, o por do sol. O ocaso sempre me pareceu uma celebração, não a toa, hora sagrada. Então secretamente celebrei por mais um dia de vida, pela solidariedade dos vizinhos que dividem suas refeições, pelas visitas inesperadas dos amigos leais, pela saudade da presença dos outros ainda mais (minhas irmãs); mesmo distantes…

E ainda que o ocaso pareça triste, por conta das lembranças que teimam em persistir… no fim de tarde tudo leve se esvai, luz do sol, nuvens, pessoas, poeira, lembranças e tristezas sem fim…. mesmo que apenas poucos observem.

E na manhã seguinte o sol renascerá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s